Loja Virtual com ERP – Como Integrar com loja física

loja virtual com erp

Sistema permite integrar loja virtual com loja física e simplifica os processos de compra e venda. Saiba como integrar a sua loja virtual com o ERP Riberus e usufrua das vantagens desse modelo!

Inegavelmente, o ERP é um dos sistemas de gestão empresarial mais completos que existe. Sua sigla significa Enterprise Resource Planning (Planejamento dos Recursos da Empresa, em português) e ele é um grande aliado de empresas de todos os tamanhos e setores de mercado.

Isso porque esse sistema facilita a comunicação entre vários setores da empresa, otimizando assim, o tempo de trabalho das equipes. Além disso, reduz custos operacionais e permite tomadas de decisões mais assertivas em prol do empreendimento.

Além disso, vale destacar que os sistemas de ERP são totalmente adaptáveis ao tipo de negócio. Assim, desde empresas de prestação de serviços até e-commerces podem se beneficiar com as suas funcionalidades.

Aliás, quem tem uma loja virtual não deve abrir mão de ter um sistema de ERP para controlar o fluxo das suas vendas. Afinal, ele reúne em um único lugar todas as informações sobre faturamento, entregas, estoque, trocas e devoluções.

Quer conhecer as vantagens do ERP para a sua loja virtual e saber como integrar o online com o offline? Então saiba tudo no artigo a seguir. Boa leitura!

 

O que é uma loja virtual integrada?

Conforme mencionamos anteriormente, quem tem uma loja virtual não deve subestimar o poder do ERP. Mas afinal, o que é uma loja virtual integrada? Embora o conceito não seja tão difícil assim de ser compreendido, ele deve ser analisado em duas etapas.

Em primeiro lugar, uma loja virtual nada mais é do que um website com foco na venda de produtos ou serviços pela internet. Nesse caso, da escolha dos produtos até a entrega são tratados através do meio online. Ou seja, não há o contato direto entre vendedor e consumidor.

Também conhecida como e-commerce (comércio eletrônico), suas principais vantagens são:

  • Estar aberta 24h por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados;
  • Vender para qualquer região do país (algumas lojas virtuais também comercializam seus produtos ou serviços para outros países);
  • Oferecer preços mais atrativos aos consumidores, já que não há custos com aluguel, luz, água e vários funcionários;
  • Aceitar uma ampla variedade de pagamentos;
  • Permitir a divulgação nas redes sociais, reduzindo os custos com publicidade. 

Agora que você já sabe o que é uma loja virtual, passemos para o conceito de loja virtual integrada. Na verdade, esse conceito é utilizado para definir a plataforma de e-commerce gerenciada por um sistema como o ERP, que conecta o meio físico ao virtual de forma sistêmica e organizada.

Em outras palavras, isso significa dizer que uma loja virtual integrada é aquela em que todos os seus setores estão interligados com a loja física (ou vice e versa).

Nesse contexto, todos os envolvidos na administração de ambas as lojas têm acesso a informações importantes, como o preço dos produtos e quantidade em estoque, fretes e prazos de entrega, formas de pagamento entre várias outras.

 

Modalidades de loja virtual integrada

Diante de tudo o que já foi exposto anteriormente, você já deve ter percebido que uma das grandes vantagens da loja virtual integrada com o ERP é permitir aos gestores do negócio uma administração mais efetiva, com procedimentos mais rápidos e menor chance de erros.

Como resultado, a empresa oferece uma melhor experiência de compra ao consumidor, minimiza problemas com fornecedores e mantém o contas a pagar atualizado. Além disso, mantém o estoque em dia e reduz custos com a aquisição de produtos desnecessários.

Outra grande vantagem da loja virtual integrada é que ela pode ser adaptada ao modelo do seu negócio. Nesse sentido, as principais variedades de integração são:

SaaS

SaaS é a sigla de Software as a Service (Software como Serviço). Na modalidade SaaS a loja virtual é integrada por um sistema hospedado em nuvem. Nessa modalidade, o fornecedor do software fica responsável tanto pela infraestrutura do sistema disponibilizado, bem como pelo suporte e manutenção.

Nesse caso, cabe ao usuário a aquisição de um bom plano de internet e o pagamento de uma mensalidade em troca do serviço. Vários são os benefícios de uma loja virtual integrada com um sistema SaaS, a saber:

  • Não precisa de espaço físico para instalar o software;
  • Custos reduzidos, pois não há o pagamento de licença do software;
  • Por ser hospedado na nuvem, pode ser acessado em qualquer lugar, através de computador ou dispositivos móveis;
  • Podem ser integrados a várias soluções e aplicativos.

 

Open Source

Já na modalidade Open Source (código aberto), o código do sistema pode ser adaptado de acordo com os objetivos do negócio.

Nesse sentido, o gestor pode acrescentar as funcionalidades que julgar interessantes para o seu empreendimento, bem como personalizar cores, inserir logotipo e integrar o ERP com sistemas e aplicativos de sua escolha.

As vantagens dos sistemas ERP Open Source são inúmeras. Porém, a seguir listamos apenas as principais:

  • Sem pagamento de licença ou mensalidade;
  • Ampla possibilidade de personalização;
  • Permitir melhorias;
  • Distribuição livre.

Contudo, como nem tudo são flores, há um ponto de desvantagem quando falamos de programas Open Source. Nessa modalidade, é preciso que o gestor tenha conhecimento em programação ou monte uma equipe de TI para a sua utilização!

 

Como Integrar a loja física e virtual?

Se você continuou a sua leitura até aqui é porque certamente compreendeu a importância de ter uma loja virtual integrada com a física por um sistema ERP, não é mesmo? 

Mas, como fazer isso afinal? A boa notícia é que é muito fácil gerenciar todos os seus processos de compra e venda em um único lugar, basta colocar em prática as dicas a seguir:

Encontre seu nicho de mercado

O primeiro passo para integrar a loja física e virtual é escolher um segmento de mercado para atuar. A partir disso será mais fácil definir o seu público-alvo e criar produtos ou serviços específicos para eles.

Dessa forma, a sua empresa poderá se tornar especialista no que vende e passar a ser vista como referência no mercado em que atua. Além disso, a segmentação também possibilita criar campanhas de marketing assertivas, atraindo, convertendo e fidelizando clientes.

 

Faça o controle de estoque

Outro passo que você não pode esquecer é o controle de estoque. Afinal de contas, o estoque é um setor fundamental na empresa e está presente em todas as etapas produtivas. E além disso, como manter um fluxo de vendas sem saber o quanto de produto você tem disponível?

Nesse cenário, o ERP surge como grande aliado. Ele permite acompanhar todo o processo de logística dos produtos da sua empresa, dos pedidos até a entrega aos clientes.

Não se esqueça de que o respeito ao prazo de entrega contribui para a manutenção da imagem da empresa frente aos clientes e à concorrência.

 

Defina um formato de entrega

Ademais, não se esqueça de definir um formato de entrega. Isso inclui escolher as opções de preços, frete, prazos de entrega e possibilidade de retirada.

Quem tem uma loja física e virtual pode oferecer, por exemplo, a venda online do produto com possibilidade de retirada na loja física. Inclusive, o mesmo pode se aplicar às trocas e devoluções. 

Ainda, pode estabelecer o mesmo preço para ambas as lojas ou optar por um valor diferenciado em seus canais online.

O fato é que independentemente das facilidades oferecidas aos clientes, você precisará de um sistema ERP para integrar o online ao offline. 

Além de facilitar a vida do consumidor, você encurta os laços com seu público-alvo e aumenta significativamente a produtividade da sua equipe e consequentemente o seu faturamento.

 

Tenha presença multicanal

Por fim, cabe ainda ressaltar que é preciso estar presente tanto no meio online quanto no offline. Ou seja, você pode usar diferentes canais para atender seus clientes, como telefone, e-mail, WhatsApp e redes sociais.

Aliás, o Facebook e o Instagram, por exemplo, se mostram canais bem eficientes para atrair, engajar, converter e fidelizar clientes. De acordo com o site E-commerce Brasil, 21% das vendas de 2018 foram efetuadas através das redes sociais.

 

Integre a sua loja física com a virtual com o ERP Riberus

Certamente, você já compreendeu que quando o assunto é gestão empresarial, o ERP é uma ferramenta indispensável. Até mesmo porque, ele conecta setores e fornece informações precisas aos gestores, possibilitando que estes tomem as melhores decisões a favor de seus empreendimentos.

Entretanto, mediante às várias opções disponíveis no mercado, é preciso encontrar um sistema de ERP que melhor atenda as necessidades do seu negócio próprio.

 Nesse sentido, conte com a Riberus, uma empresa focada na criação de soluções integradas para e-commerces e vários outros segmentos de mercado. Experimente já.

Loja Virtual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *